Porto Velho – Ajuda Humanitária, da Igreja de Jesus Cristo, contribui com o Projeto Operação Sorriso e beneficia centenas de crianças portadoras de lábio leporino  

 

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, por meio do Programa de Ajudam Humanitária realizou, no final do ano de 2014, uma parceria histórica e de valor singular com a ONG Operação Sorriso, maior organização não governamental internacional dedicada a reunir médicos voluntários para operar gratuitamente o sorriso de crianças portadoras de lábio leporino e fenda palatina.

O trabalho em Porto Velho foi realizado por uma equipe de 60 voluntários de várias regiões do país que se desdobrou para atender os pacientes: “A educação e a calma dos pacientes, e a proatividade da equipe do Hospital Santa Marcelina foram alguns dos pontos altos deste programa humanitário. A sensação era de que nem era a primeira vez na cidade. Isto nos surpreendeu muito! Conseguimos transpor todos os obstáculos que apareceram, graças à solidariedade dos nossos voluntários e dos funcionários do hospital, que vestiram a nossa camisa desde o inicio”, explicou Luciana Garcia, coordenadora dos programas humanitários da Operação Sorriso.

Num trabalho sob a direção da Presidência da Estaca Porto Velho e com apoio logístico e de doação do Programa de Ajuda Humanitária da Igreja, gerenciado pelo Departamento de Bem-Estar e sob a direção e aprovação da Presidência da Área Brasil, foram doados a alimentação para voluntários durante os 7 dias de evento; aventais e campos cirúrgicos; tubos endotraqueais; Gases e agulhas e a impressão de Flyers. De forma direta, a Igreja ajudou na realização de 999 atendimentos, 73 cirurgias com uma equipe de 80 médicos. Foram mais de 1080 atendimentos e o serviço voluntário prestado superou mais de 50 horas. A liderança da Estaca Porto Velho participou de maneira ativa e ajudaram, juntamente com os missionários de tempo integral, na divulgação das cirurgias pela cidade entregando folhetos.

Além da contribuição da Igreja de Jesus Cristo, o programa humanitário de Porto Velho foi patrocinado por empresas como Ethicon – J&J, Colgate, Azul Linhas Aéreas, Fundação Aumund, Fundação Citi Esperança, White Martins, entre outras. E contou com o apoio da Marinha do Brasil, que enviou uma equipe de médicos e enfermeiros para acompanhar o trabalho da ONG na cidade. A Marinha disponibilizou o “navio assistência-hospitalar Sores de Meireles”— para acompanhamento odontológico — e duas lanchas rápidas e um helicóptero Esquilo para ajudar no transporte dos pacientes e seus acompanhantes. Um pelotão de Fuzileiros Navais do Batalhão de Operações Ribeirinhas, sediado em Manaus, montou a estrutura das tendas para seleção de pacientes, ajudou no transporte da carga e realizou a segurança da área do programa humanitário. A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), da Sociedade Crânio-Maxilar, do Projeto Genoma, do Hospital Santa Marcelina, Secretarias Municipal e Estadual de Saúde, da FNazca, Way Models, Cristália, Approach Comunicação Integrada, EDF Communications e PRNewswire também fazem parte das empresas apoiadoras.

Presidente Luis Alberto de Matos, da Estaca porto Velho comenta: “Mudamos para sempre a vida dessas crianças, devolvendo a elas o sorriso, a autoestima, a perspectiva de inclusão social”.

Conheça mais sobre Operação Sorriso

A cada três minutos nasce uma criança com deformidade facial no mundo. De acordo com a Organização Mundial de Saúde existe uma criança com fissura para cada 650 nascidas e, todos os anos, mais de 5.800 novos casos endossam as estatísticas. A estimativa é que existam cerca de 280 mil pessoas com fissura labiopalatal em todo o Brasil. Entretanto, não se sabe necessariamente quantas já receberam o tratamento. Presente no país desde 1997, a Operação Sorriso — maior organização médica voluntária do mundo que reúne profissionais de 80 países para ajudar exclusivamente a pessoas portadoras de deformidades faciais — já transformou a vida de mais de 200 mil pessoas. No Brasil, as ações tiveram início em 1997 e já foram realizados mais de 83 mil exames e avaliações especializadas. Ao todo, nove mil pessoas foram atendidas em onze estados brasileiros.

Leia matéria no site da Operação Sorriso

http://www.operacaosorriso.org.br/noticias-e-imprensa/noticias/365-operacao-sorriso-divulga-resultados-do-programa-humanitario-de-porto-velho

 

Fonte – Departamento de Bem-Estar da Área Brasil – Gilberto Bonini

Fotos e Recursos – Assessoria Operação Sorriso

Leave a Comment